Humor e o autoconhecimento

O humor é um indicador para verificarmos se estamos no caminho certo ou não. O bom humor mostra, de algum modo, um acerto. Revela nossa abertura para lidar, assertivamente, com as pessoas e as situações, emergindo das escolhas corretas que fazemos.

O autoconhecimento tende a nos levar a este estado de receptividade e disponibilidade acolhedora. Um líder precisa desenvolver o seu bom humor. É fundamental para que possa influenciar e educar a sua equipe. Um sorriso, fruto do bom humor, é bem diferente de uma gargalhada que pode ser sinônimo de insegurança. O autoconhecimento desenvolve um discernimento, em que, o líder, aprende a inferir o sistema interpretativo que a outra pessoa está mergulhada. Este discernimento dá sustentabilidade ao seu humor.

Publicado em Reflexões por Elisete Pagano. Marque Link Permanente.

Sobre Elisete Pagano

Pesquisadora, professional & self coach, analista comportamental, palestrante e consultora sênior em Liderança, Comportamento e Relações de Poder. Mestre em Educação - Unisinos; Professional & Self Coach - IBC; Especialista em Planejamento Estratégico de RH - UFRGS e Eng. da Qualidade - PUCRS; Especializanda em Filosofia Clínica - Instituto Packter; Especializanda em Psicologia Junguiana - FACIS/SP; Pós-graduada em Auditorias da Qualidade - PUCRS; Engª Química - PUCRS. Analista de Perfil Comportamental certificada pelo IBC. Exerceu função de Gerente de Desenvolvimento e de Processos em empresas de médio e grande porte, líderes de mercado. Atua em desenvolvimento comportamental de pessoas e organizações, com aperfeiçoamento de lideranças e autoconhecimento. Professora em cursos de extensão universitária. Sócia da Intelligentia Assessoria Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

42 + = 43