Autoconhecimento: epistemologia de si mesmo

“O conhecimento será cada vez mais o diferencial”, nos disse Peter Drucker. Ou, o “conhecimento do conhecimento é imprescindível”, dito de Edgar Morin, levando-nos a perceber a importância da Epistemologia. 

Mas, se pensarmos no conhecimento do conhecimento do autoconhecimento, mergulharemos num território capaz de produzir uma autonomia subjetiva, através da racionalidade.

Isto envolve várias áreas da Ciência, associando o estudo de suas origens e as condições de cada época em que se desenvolvem, como a: Psicologia, Sociologia, Antropologia, Neurociência, Filosofia, Biologia, Fisiologia, Medicina, dentre outras mais.

Mesmo que ainda estejamos no “Jardim da Infância” neste quesito cognitivo tão importante, podemos reconhecer um forte avanço na busca da compreensão de nossa humanidade, com força racional, ou seja, a importância da epistemologia de si mesmo, para melhor liderar a vida e os negócios.

Publicado em Reflexões por Elisete Pagano. Marque Link Permanente.

Sobre Elisete Pagano

Pesquisadora, professional & self coach, analista comportamental, palestrante e consultora sênior em Liderança, Comportamento e Relações de Poder. Mestre em Educação - Unisinos; Professional & Self Coach - IBC; Especialista em Planejamento Estratégico de RH - UFRGS e Eng. da Qualidade - PUCRS; Especializanda em Filosofia Clínica - Instituto Packter; Especializanda em Psicologia Junguiana - FACIS/SP; Pós-graduada em Auditorias da Qualidade - PUCRS; Engª Química - PUCRS. Analista de Perfil Comportamental certificada pelo IBC. Exerceu função de Gerente de Desenvolvimento e de Processos em empresas de médio e grande porte, líderes de mercado. Atua em desenvolvimento comportamental de pessoas e organizações, com aperfeiçoamento de lideranças e autoconhecimento. Professora em cursos de extensão universitária. Sócia da Intelligentia Assessoria Empresarial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

− 3 = 2