Visão de futuro

A Visão do futuro desejado para o empreendimento pode ser entendida como a intenção estratégica: um sonho distante, porém realizável. Ela determina e esclarece, para onde o negócio deve ser direcionado. Assim, a visão cumpre um papel importante ao alinhar esforços e ações rumo ao sonho possível, fornecendo respostas a questões como: “Que tipo de organização desejamos nos tornar?”, “O que queremos que as pessoas falem de nós como resultado de nosso trabalho?”, “De que modo esta visão representa os interesses de nossos clientes e nossos próprios interesses?”.

Joel Barker, um bem conhecido estudioso sobre o futuro, em seu vídeo O Poder da Visão (1990), informa que uma boa declaração de visão de futuro deve ser:

  • Atrativa, de modo a ter o poder de concentrar o foco e canalizar a energia de todos
  • Desafiadora e inspiradora, para propiciar a quebra dos paradigmas vigentes pelo rompimento com as forças do passado e viabilizando novas formas de pensar ou agir
  • Motivadora e inovadora, para minimizar o medo e a ansiedade comuns a processos de mudança (lembre-se de que implementar estratégias significa  que fazer mudanças)
  • Desenvolvida pelos líderes, pois as pessoas querem um senso de direção e propósito para cooperarem com as ações da organização

Com isso em mente, a Visão deve ser pensada e definida de modo a conclamar a todos para a busca de novos recursos (conhecimentos, processos, infraestrutura, etc.) de modo que o empreendimento possa entregar, num futuro próximo, produtos (bens e/ou serviços) que com os recursos atuais não são factíveis.

Para se estabelecer a visão de futuro é uma boa prática pensá-la como o quadro de uma imagem do futuro desejado. Mas esse futuro não está logo ali, são necessários esforço e persistência para chegar lá. Assim, a visão deve ser desafiadora, instigando mudanças. Usando de metáfora, é como se estivéssemos no meio do oceano (o ambiente em que atuamos), em um barco (nossa organização) com alguns ótimos recursos e algumas carências, procurando navegar rumo a um porto seguro. Aportar, com segurança, é a nossa intenção (estratégica). Portanto, a visão de futuro será a “estrela guia” nesse caminho, orientando a escolha das opções (recursos) e ações (estratégicas) que irão nos levar, de modo consciente, confiável e determinado, ao porto seguro. Desse modo, o futuro não é de todo desconhecido, sabemos onde queremos chegar e em que condições.

Como a missão, a visão deve ser definida após ampla discussão com todas as partes interessadas. E isso facilita sua boa governança.

Estabelecida a declaração de visão, precisamos gerenciá-la, mas isso será tema de um próximo ensaio…

Esse post foi publicado em Ensaios e marcado por Robin Pagano. Guardar link permanente.
Robin Pagano

Sobre Robin Pagano

Pensador, palestrante e consultor sênior em Estratégia, Gestão e Inovação de negócio. Mestre em Eng. de Produção - UFRGS; Pós-graduado em Estudos de Políticas e Estratégias de Governo - PUCRS; Pós-graduado em Marketing de Serviços - ESPM/RS; Especializado em Gestão da Qualidade Total (TQM) - NKTS/Japão; Lead Assessor ISO 9000 - SGS-ICS; Engº Eletrônico - PUCRS. Atuou como Gerente de Desenvolvimento, de Processos e de Serviços em empresas de médio e grande porte, nacionais e multinacional, líderes de mercado. Professor universitário em cursos de MBA, Especialização e Extensão. Consultor sênior em Estratégia, Gestão, Qualidade e Inovação. Sócio da Intelligentia Assessoria Empresarial.

3 ideias sobre “Visão de futuro

  1. Pingback: Business Plan X Business Model Canvas | Blog Intellinsights

  2. Pingback: Delineamento estratégico | Blog Intellinsights

  3. Pingback: Delineamento estratégico: o mapa estratégico do negócio | Blog Intellinsights

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *